quinta-feira, 8 de novembro de 2012



UM LUGAR NO MUNDO
Será que existe um lugar nesse mundo, um lugarzinho só para mim? Onde eu possa existir sossegadamente, sem ter que interagir muito com quem quer que seja. Aliás, onde eu possa me dar o luxo de só interagir com quem gosto? Um lugar, não sei qual, mas bem diferente da São Paulo onde vivo há dezesseis anos e que tanto já me encantou e me fez feliz. Agora eu gostaria de um pouco mais de tranquilidade. De silêncio, esse artigo  de luxo que anda tão difícil da gente encontrar... Eu não gosto de barulho. Não gosto de aglomeração. Não gosto de filas. Não gosto de trânsito nas estradas. De feriados prolongados. Não gosto de shoping centers. De parques nos fins de semana. Não gosto de churrasco. De cerveja. De tecnobrega. Não gosto de pagode. Não gosto de excursão. De cruzeiros. Tenho horror a ir ao cinema em finais de semana. Pavor de salas lotadas de pessoas consumindo refrigerantes, pipocas, balas e amendoins. Falando no celular. Não gosto de celular. Não gosto de ir aos lugares da moda. Não gosto de usar o corte de cabelo da moda. Não gosto de música ao vivo. Não gosto de estreias. Não gosto de shows em estádios. Não gosto de futebol. Não gosto das novelas da Glória Perez. Não gosto de quem faz lobby. Não gosto de fazer lobby. Aliás, não sei fazer lobby. Quando tento, fica péssimo, super falso e desastrado. Não gosto de gente interesseira. De gente falsa. Não gosto de cuidar da vida dos outros. Muito menos, que cuidem da minha. Não gosto de fotos de comida no Instagram. Nem no Facebook. Não gosto do Facebook. Não gosto de gente que fala alto. Que mente. Que joga lixo na rua. Não gosto de muvuca. De barraco. De escândalo. Não gosto de quem grita chupa!!! em dias de jogos. Não gosto que soltem foguetes em dias de jogos. Sobretudo, à noite. Não gosto de quem buzina. De quem para em fila dupla. De quem leva crianças em lugares para adultos. Não gosto de academia lotada. De música de balada tocando alto na academia. Ainda mais de manhã, que é quando gosto de treinar. Não gosto de balada. Ou seja, sou um baita de um chato, neurótico e exigente. E esse mundo não é para mim... Mas haverá, por Deus, esse outro lugar? Aceito sugestões...
Na foto, La Figueira, em Piracaia. Um lugar possível, só que sem internet.

Um comentário:

  1. me liga se encontrar 013 22022252 juro que não vou atrapalhar.

    ResponderExcluir