segunda-feira, 31 de janeiro de 2011


SOLOS DE VERÃO
Passei esse último fim de semana em São José do Rio Preto, onde participei, juntamente com minha amiga Agnes Zuliani, do Janeiro Brasileiro da Comédia, festival que acontece anualmente na cidade. Agnes foi convidada para dar uma oficina sobre humor e me chamou para fazer com ela o show de encerramento do festival. Criamos, então, os nossos Solos de Verão. No espetáculo, que acabou tendo uma hora e meia de duração, fizemos cinco personagens cada um. Para mim, foi uma experiência maravilhosa e também um desafio. Já saí da Terça Insana há mais de um ano e, desde então, só havia feito algumas participações esporádicas, na própira Terça, como convidado. Estava, portanto, muito curioso para ver como meus personagens funcionariam – ou não – junto ao público. A verdade é que fomos agraciados com platéias muito calorosas e receptivas nas duas sessões lotadas que fizemos. Quando se está há um certo tempo afastado do público, como eu estava, a gente perde um pouco a noção do quanto nosso trabalho é reconhecido e reverenciado pelas pessoas. E ter essa constatação assim, cara a cara, é realmente enriquecedor. Isso sem falar que viemos na sexta-feira para nos apresentarmos somente no domingo. O que acabou sendo uma ótima oportunidade de reatarmos a convivência: Agens, Cabral e eu. Sinto muito a falta dos dois, que acabaram se tornando os meus melhores amigos nos últimos tempos em que estive na Terça Insana. Como eles continuam lá, e cumprem uma agenda bastante movimentada, a gente acaba não se vendo muito. E a retomada desse convívio foi uma delícia. Ficamos hospedados em um hotel muito simpático, bucólico, silencioso e com uma piscina incrível onde nadei todos os dias. Foi um spa. O spa do humor. O grande desafio dos nossos solos de verão, além, evidentemente, de agradar à platéia, foram as trocas de personagens, pois teríamos somente o tempo da cena um do outro para nos trocarmos e Cabral fazer as caracteizações de cabelo e maquiagem. Foi como uma espécie de gincana na qual a nossa equipe foi a campeã. E, de quebra, reencontramos nossa amiga local, a produtora Kátia Graceli, que havia nos trazido com a Terça Insana há três anos atrás e continua uma fofa, nos recebendo como uma hostess profissionalíssima e nos brindando com jantares nos melhores restaurantes da cidade. Muito bom voltar a São José do Rio Preto. Ou, como disse minha personagem Betina Botox no seu solo de verão: São J do RP. À tout a l'heure...
Na foto, a incrível piscina do Hotel Michelangelo Plaza Inn.

2 comentários:

  1. Foi tudo isso e mais o prazer de estarmos juntos!

    ResponderExcluir
  2. Hummm Tragam esses solos pra Salvador... Saudades dos três.

    ResponderExcluir